PERIGO REAL E IMEDIATO

Como um local de reuniões o STF, parece aquele local bucólico, onde os aposentados, se reúnem e conta causos, sobre tempos passados e sobre o que a geração X, Y...., vão fazer, mais passados este feliz momento é hora de pararmos e pensarmos.

 Qual é a real capacidade, destes Ministros poderem analisar um processo do tamanho da Lava Jato, Ver novas provas, apresentar ao povo brasileiro, e deferir seus julgamentos, eu não sei.

Se for para ter como base o Mensalão, um processo muito menor, levou quase que cinco anos, imagine que este processo vai demorar mais de 12 anos sem produzir novas provas, pois a todo momento Teori Zavascki, luta para parar o andamento da busca material do Juiz Sérgio Moro, afim de se não cavar mais o buraco, por que é fundo e pode ser a salvação para uma nova era na política.

Mais essa brincadeira, poderá levar a fechamentos de milhares de empresas, que acabarão com  milhares de postos de trabalhos, iniciando um processo catastrófico, já que a população é muito maior do que os anos 70/80/90, e vai acarretar num profundo estágio de morte do país, ou seja a receita derivada para cumprimento do Estado Básico, vai entrar em risco.

Teremos a possibilidade da saúde, ter que iniciar a cobrança de taxa, para utilização do serviço, que até ai deveria mesmo existir, e acabar com a falseta da CPMF, que foi taxa para este fim.

As aposentadorias estarão em rico eminente de ficar abaixo de um salário mínimo, para que ainda se possa paga -las.

O perigo é que isto é o apice para uma guerra cívil, aqueles que trabalham e pagam tributos, ou seja a arrecadação derivada e que sustenta o Estado, estão na degola de identificar o tributo mais não recolhe - los, assim não praticam crime fiscal, mais vão dar um trabalho que o Estado não está em condições de auferir, seja na fiscalização, seja na execução fiscal e julgamentos em várias esferas dos entes diretos e indiretos da administração pública.

Com isso o governo para com ações sociais, quem está acostumado a ganhar, vai a guerra, e quem tá acostumado a pagar também, e isso talvez seja o que o PT, necessite enfraquecer mais a população com essa divisão e possível, e entra um novo governo ditatorial, e ai seremos os novos escravos do século XXI, trabalharemos de graça para que alguns tenham triplex, sítios, etc.

Pense nisso,  e depois veja se não é isso que está ocorrendo.  

LULA E A CASA CIVIL

Na resolução 08, da Comissão de Ética da Presidência da República, se limita a explicação:

De acordo com o preâmbulo da norma, o objetivo da Resolução nº 8 é "orientar as autoridades submetidas ao Código de Conduta da Alta Administração Federal na identificação de situações que possam suscitar conflito de interesses". 

Assim o artigo fala:

I - Ministros e Secretários de Estado Federais; 

Atividades que suscitam conflito de interesses:

(Estarei apenas colocando as alíneas onde Dilma e Lula configuram tal situação) 

a) Em razão da sua natureza, seja incompatível com as atribuições do cargo ou função pública da autoridade, como tal considerada, inclusive, a atividade desenvolvida em áreas ou matérias afins à competência funcional;

d) possa, pela natureza, implicar o uso de informação à qual a autoridade tenha acesso em razão do cargo e não seja de conhecimento público;

e) possa transmitir à opinião pública dúvida a respeito da integridade, moralidade, clareza  de posições e decoro da autoridade.

Se Lula, assumisse a Casa Civil, ele terá amplos poderes para nomear diretores da Polícia Federal. Teria acesso a informações de diretorias estratégicas, como da inteligência e do combate aos crimes organizados, podendo indicar e trocar diretores para estes órgãos.

Agora a Polícia Federal, e demais diretorias que investigam quem, quem, ele mesmo, será que se eu colocar a raposa para tomar conta do galinheiro sobra uma no raiar do dia.

O duro é ver que o José Eduardo Cardozo, Dilma, Lula,..., demais deputados petistas não sabiam disso, e ainda afirmam que não há nada contra o dito.

Digo graças a Deus, e isso não é metáfora ou ironia, que o Juiz Sérgio Moro estava precavido, e divulgou o áudio entre a Dilma e Lula, que confirmava o descrito acima.

Se não fosse ele o que aconteceria, o Procurador da República é um morde e assopra, rema pra qualquer lado que tenha a bandeira quadriculada, luta por meio das meias palavras a se manter em seu cargo na gestão Petista, ainda flerta com o futuro presidente substituto Michel Temer, o STF, tem os cabos eleitorais Ricardo Lewandowski e Teori Zavaschi, que por enquanto vão coagir o Juiz Sérgio Moro, e sua competente investigação, vão levar com a barriga, se Michel Temer assumir a presidência, enfim estamos fadados a estes senhores, que fazem o que bem entendem com a Justiça, inventam provas contrárias, até sem provas materiais. 

Agora PT, e demais partidos foi - se o tempo que não sabíamos das coisas o acesso de informação nos deixa em pé de igualdade com suas mentiras, assim peço a gentileza dos senhores não nos acharem estúpidos a ponto de acreditar em suas falcatruas, e Força Juiz Sérgio Moro e Equipe. 

O Ato Interventivo

A intervenção implica o afastamento temporário, total ou parcialmente. das prerrogativas inerentes à autonomia da entidade federativa que sofre o processo interventivo, prevalecendo-se a vontade da entidade interventora. Para RICARDO LEWANDOWSKI (1994, p. 103).
"a intervenção não constitui instrumento para punir agentes políticos faltosos", pois tem por objetivo, apenas, a manutenção da integridade da Federação. Assim, a "destituição de autoridades eleitas, em nosso sistema legal, dá-se, dentre outras maneiras, através do processo de impeachment ou por meio de sentença". 

Ora PT, Dilma e José Eduardo Cardozo, e demais correligionário do PC do B, o ato interventivo não é golpe, não é não, o querido e Excelentíssimo Ministro Ricardo Lewandowski, normatizou o Ato, é ele mesmo o defensor assíduo, espere você ia falar da coletividade, da república, se você pensou assim, como diz o Chavez, dá zero pra ele, então o defensor assíduo e contínuo do PT, e dos mensaleiros, quem não se lembra da chamada do Joaquim Barbosa, intitulando este excelentíssimo senhor, identificando-o como cabo eleitoral do PT, assim este na semana passada chama o Relator da Lava Jato Teori Zavascki, e delimita a ele a coação de um Juiz honesto, a vir pedir desculpas para os corruptos, isso mesmo, aos corruptos, sério, teria que existir um quarto, quinto poder para fiscalizar vocês, que realmente são um ônus para os contribuintes honestos deste país.